Caldeirão Político Terça-Feira, 04 de Dezembro de 2018, 15h:21 | - A | + A

PELA PRIMEIRA VEZ

Com operação e recomendação, CPI da Saúde não acabou em pizza

DA REDAÇÃO

 

Hoje a Saúde Pública de Cuiabá é o foco das atenções da imprensa, por dois motivos, primeiro pela operação "Sangria", que investiga contratos firmados com a prefeitura de Cuiabá e também o Estado com empresas que prestam serviços médicos e hospitalares e, depois, pela recomendação emitida pelo Ministério Público Federal para que o secretário de Saúde do município, o senhor Huark Douglas Correia, seja afastado do cargo.

 

As duas ações, para quem ainda não sabe, são frutos do trabalho realizado pelos vereadores de oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), na Comissão Parlamentar de Inquérito, que investigou e passou a limpo a saúde pública de Cuiabá. Os documentos foram encaminhados para os órgãos competentes. Pelas ações desta terça-feira (4), e por tudo que foi levantado pela CPI, muita coisa ainda deverá surgir e novas operações podem ser deflagradas. O trabalho dos vereadores Gilberto Figueiredo (PSB), Abílio Júnior (PSC), Felipe Wellaton (PV) e Diego Guimarães (PP) para manter a CPI em andamento, desta vez, não terminou em pizza.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet