Caldeirão Político Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 16h:22 | - A | + A

MAMATA

Ministro nega pedido para barrar nomeação de filho de vice-presidente

DA REDAÇÃO

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli negou neste sábado (12) um pedido de liminar contra a nomeação de Antonio Rossell Mourão, filho do vice-presidente da República Hamilton Mourão, para a assessoria da presidência do Banco do Brasil. No novo cargo, Antonio Rossel receberá 37,5 mil reais por mês e ingressará no famoso Programa de Alternativas para Executivos em Transição (PAET), que garante bônus de ‘saideira’ para quem ocupou cargo no banco por dois anos. O valor desse benefício é de 2 milhões de reais, em média.

 

De acordo com as informações do site O Antagonista, Toffoli afirmou no despacho que "não é cabível recorrer à Justiça, por meio de reclamação, contra uma medida da administração pública antes de esgotados os recursos na esfera administrativa". O advogado autor da petição requereu que Mourão e seu filho fossem “incursados na prática de Nepotismo, seja pela via direta, seja pela via cruzada, pois provada a relação de parentesco em conjunto com o nexo causal, as designações recíprocas”.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet