Caldeirão Político Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 08h:43 | - A | + A

OPERAÇÃO SODOMA

TJ retira tornozeleira eletrônica de Silval e mais 15 réus de operação

DA REDAÇÃO

 

A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso determinou a retirada da tornozeleira eletrônica do ex-governador de Mato Grosso Silval Barbosa, de seu filho Rodrigo Barbosa e outros 14 réus da Operação Sodoma. Os outros beneficiados pela decisão foram o ex-secretário da Casa Civil Pedro Nadaf, ex-secretário de Estado de Administração César Zilio, o ex-secretário de Fazenda Marcel de Cursi, o ex-chefe da gabinete de Silval, Silvio Cezar Corrêa Araujo, o empresário Alan Malouf, o procurador aposentado Francisco Lima Filho, o Chico Lima, o empresário Valdir Piran, o ex-presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso, Afonso Dalberto, o ex-secretário de Planejamento Arnaldo Alves de Souza, o ex-adjunto de Administração José de Jesus Nunes Cordeiro, ex-assessora da Casa Civil Karla Cecilia de Oliveira Cintra, o ex-secretário de Administração Pedro Elias Mello, o ex-presidente da Metamat João Justino Paes de Barros e os réus Antônio Rodrigues Carvalho e Levi Machado de Oliveira.

 

A medida foi definida porque, no entendimento dos desembargadores, os réus cumprem outras medidas cautelares que não necessitariam do uso do monitoramento eletrônico. O pedido de retirada da tornozeleira foi da defesa de Chico Lima, realizado em outubro de 2018.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet