Política Sexta-Feira, 11 de Janeiro de 2019, 19h:30 | - A | + A

CPI DO MP

Assembleia quer que MP devolva R$ 100 milhões das cartas de crédito

O relatório, que ainda não é de conhecimento público, já é de conhecimento de membros do MPE, que articulam para barrar a divulgação

DA REDAÇÃO

 

Para quem imaginava que terminaria em pizza a CPI do Ministério Público, é uma surpresa o relatório assinado por Dr. Leonardo (SD), líder de Pedro Taques (PSDB) na Assembleia Legislativa que se elegeu deputado federal, onde ele pede a condenação de vários membros do Ministério Público Estadual (MPE). O deputado pede ainda a devolução de mais de R$ 100 milhões aos cofres de Mato Grosso.

 

O relatório, que ainda não é de conhecimento público, já é de conhecimento de membros do MPE, que articulam para barrar a divulgação.

 

A "Operaçao Abafa" já está em andamento. A  assessoria do Dr. Leonardo informou que o deputado não quer divulgar o relatório sem o ter uma comissão formada para poder votar. E sem ter nenhum resguardo. Além disso, segundo a assessoria, o relatório ainda precisa ser aprovado dentro da CPI e para depois ser levado ao plenário, para votação por todos os deputados. Contudo, o problema é que hoje, Dr. Leonardo é o único membro da CPI que foi criada em 2015, e no momento aguarda a formação de uma comissão para o voto.

 

O espaço está aberto para quaisquer esclarecimentos do deputado.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet