Política Terça-Feira, 12 de Junho de 2018, 11h:11 | - A | + A

POLÊMICA

Com 1 ano de gestão, Emanuel deverá enfrentar a segunda CPI; Desta vez o motivo é o caos na saúde

Falta de Medicamento foi o estopim que levou vereador a propor CPI na Câmara

LAICE SOUZA

DA REDAÇÃO

 

O vereador Abílio Júnior (PSC) é o autor do requerimento que pediu a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito da Saúde Pública de Cuiabá. De acordo com o vereador, a proposta, que já recebeu 6 assinaturas, tem como objetivo analisar a situação da saúde que leva a falta de medicamentos e o descumprimento de leis trabalhistas.

"As pessoas que conhecem as policlínicas, as Unidades de Pronto-Atendimento e o Pronto-Socorro sabem que não é só uma questão de falta de recurso, mas de gestão", ponderou, acrescentando que a CPI é para aquela pessoa que "precisa de um medicamento e não encontra no posto de saúde".


A situação da falta de medicamentos atinge também o Pronto-Socorro de Cuiabá. De acordo com o relato do vereador Dr. Washington (PV), o PS não tem materiais básicos para tratamento dos pacientes como "esparadrapos, máscaras, água oxigenada, álcool, ambu", entre outros itens. "Sou médico e não posso me furtar a essa situação", afirmou, demonstrando que deverá assinar a CPI.


O vereador Toninho de Souza (PSD), que já assinou a CPI, disse que é necessário analisar a situação, principalmente após a saída da ex-secretária de Saúde Elizeth Araújo, que deixou uma carta aberta à população em que demonstrou a falta de "medicamento e descontrole financeiro", além da interferência política dentro da pasta.


Para o vereador Dilemário Alencar (PROS), o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) teve um ano e seis meses de gestão e ainda não conseguiu resolver o problema de medicamentos. "Já foi dado tempo suficiente para essa gestão", garantiu.


Até o momento já assinaram a CPI, além dos vereadores Abílio, Toninho de Souza e Dilemário, Felipe Wellaton (PV), Marcelo Bussiki (PSB) e Diego Guimarães (PP). A tendência é que as nove assinaturas necessárias para a propositura da CPI sejam alcançadas já na próxima sessão da Câmara.


Há a expectativa de que os vereadores, Dr Washington (PV),  Dr Ricardo Saad (PSDB) e Dr Xavier (PTC) também assinem a CPI.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet