Política Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 14h:40 | - A | + A

EM LIVRAMENTO

Mauro diz que dará atenção especial para retirar município da precariedade

Cidade não possui delegacia e hospital está prestes a fechar

DA ASSESSORIA

 

O candidato a governador pela coligação "Pra Mudar Mato Grosso", Mauro Mendes (DEM), afirmou que dará uma atenção especial ao município de Nossa Senhora do Livramento (39 km de Cuiabá), caso seja eleito.

Em evento realizado na noite de quarta-feira (12), Mauro ouviu as lideranças e a população local, ao lado dos candidatos ao Senado, Jayme Campos (DEM) e Carlos Fávaro (PSD). A comunidade reclamou da situação precária e do abandono que sofre por parte do Estado. Entre as reclamações está a falta de segurança e a presença da Polícia Civil no município, que não possui uma delegacia de Polícia.

A liderança política da cidade, Volneli Oliveira, o Novinho (PSD), também afirmou que até o hospital municipal terá que ser fechado por falta de recursos. "O fechamento do nosso hospital vai sobrecarregar os prontos-socorros de Cuiabá e Várzea Grande. É lamentável. O cidadão que tem um infarto aqui tem que tomar uma injeção e ser levado para Cuiabá, com grave risco de perder a vida por falta do atendimento adequado aqui no município", relatou.

Outra demanda é a falta de uma agência bancária de fomento aos pequenos agricultores e comerciantes. "Nossos comerciantes estão perdendo receita. Sem banco, vão em Cuiabá e Várzea Grande buscar recursos e já fazem as compras lá mesmo. Nosso município perde arrecadação com isso", reclamou.

Mauro Mendes afirmou ser inadmissível que a população esteja submetida a esta situação, privada de ter os serviços mais básicos que o Poder Público tem o dever de prestar. Ele garantiu que se for eleito dará todo o apoio necessário para que a cidade não só melhore a qualidade de vida da população, mas que se desenvolva economicamente.

"Vamos trabalhar e ajudar Nossa Senhora do Livramento. Eu sempre uso esse exemplo: se um pai tem muitos filhos, mas um tem mais dificuldade, ele precisa dar uma atenção especial a esse filho. Faremos o mesmo no Estado com os municípios que estão mais carentes. Vamos governar Mato Grosso com olhar de pai, unindo sensibilidade e competência", assegurou.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet