icon clock h

Terça-Feira, 23 de Fevereiro de 2021, 15h:09 | - A | + A

DECISÃO DOS DEPUTADOS

Por aumento de casos de covid, prédio da AL é interditado por 10 dias

Além do deputado Valdir Barranco, diversos servidores teriam testado positivo para o novo coronavírus

Ana Adélia Jácomo

Da Redação

AL-MT

fachada Assembleia Legislativa

Prédio estará interditado a partir desta quarta-feira (23)

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT) suspenderá todas as atividades presenciais a partir desta quarta-feira (24.02). Por conta do aumento no número de infectados pela covid-19, o presidente Eduardo Botelho (DEM) anunciou que começará um lockdown na Casa, que pode durar de 7 a 10 dias.

 

O plenário se reúne de forma presencial nesta noite para efetuar a votação da nova composição da Mesa Diretora, já que o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou nova eleição interna e destituição imediata de Botelho da presidência.  A decisão judicial causou intensa movimentação dos deputados, que ainda se olrganizam para compor a nova diretoria.

 

“Faremos um ‘lockdown’ porque estamos com muitos casos de covid. Deputados passaram muito mal, temos um que está intubado e vários funcionários com covid. Aqui é um ambiente muito fechado, com pouca circulação de ar. Então, estamos com esse ‘lockdown’ previsto para começar amanhã por 7 a 10 dias. Fechar tudo aqui. Essa é uma decisão da Casa. A Comissão de Saúde já recomendou isso e está decidido pela maioria”, disse Botelho.

 

O deputado estadual Valdir Barranco (PT), de 46 anos, que está internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento da covid-19, foi intubado neste sábado (20) após ter complicações de saúde, em Cuiabá.

 

A mulher dele, Roseli Barranco, também estava internada com o coronavírus, mas recebeu alta neste sábado e se recupera em casa. O filho mais velho do casal, Paulo Henrique, de 21 anos, se recupera em casa.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS




Informe Publicitário






NEWSLETTER

Cadastre-se e fique por dentro dos últimos acontecimentos e relatos do pnbonline.