Política Quinta-Feira, 14 de Junho de 2018, 12h:49 | - A | + A

GESTÃO SOB INVESTIGAÇÃO

Vereador consegue assinaturas e CPI da Saúde será instalada na Câmara de Cuiabá

Falta de medicamento, gestão da saúde e não cumprimento de leis trabalhistas são os alvos da CPI

LAICE SOUZA

DA REDAÇÃO

 

O vereador Abílio Júnior (PSC) conseguiu as nove assinaturas necessárias para a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde Pública. O principal foco da investigação será o caos instalado na Secretaria de Saúde no que diz respeito a "falta de medicamento".


Ainda segundo o parlamentar, também será alvo da investigação o não cumprimento de acordos trabalhistas e a gestão da saúde.


O presidente da Câmara de Cuiabá, Justino Malheiros (PP), tem o prazo de 48 horas para indicar o relator e os membros da CPI, entre os parlamentares que assinaram o requerimento.


A CPI foi assinada pelos vereadores Abílio, Toninho de Souza (PSD), Dilemário Alencar (PROS), Felipe Wellaton (PV), Marcelo Bussiki (PSB), Diego Guimarães (PP), Gilberto Figueiredo (PSB), Ricardo Saad (PSDB) e Dr. Xavier (PTC).


Investigação

Está é a segunda investigação contra a atual administração. A primeira CPI, apesar de não envolver diretamente a atual administração, ela foi criada para investigar o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e sua conduta no caso em que teria recebido propina do ex-governador Silval da Cunha Barbosa, na época em que era deputado estadual.


Agora, o prefeito terá uma CPI para investigar a gestão da Saúde Pública.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet